Brasões – 6º CIPM

6ª COMPANHIA INDEPENDENTE DE POLÍCIA MILITAR (6ª CIPM)

Autoria do Brasão:

Maj QOC GLAUCO CÉSAR DA SILVA PAIVA

Descrição Heráldica:

Maj QOC GLAUCO CÉSAR DA SILVA PAIVA

Apoio Técnico:

Cb QPC PÉTALA PEREIRA DE SANTOS MEDEIROS

Brasão:

• Escudo peninsular português, chefe com dois campos, em faixa, o superior de goles e o inferior de sable, contendo a inscrição “6a CIPM”, em ouro, cortado, o primeiro de prata, com um par de bucaneiras (garruchas) em aspa, de ouro, cosidas de sable, partido, de prata, com três cabeços de amarração postos em roquete, de ouro, cosidos de sable, o segundo de prata com duas faixas ondadas de blau e um forte colonial de cinco pontas, de ouro e lavrado de sable.

Simbologia e alusão das peças:

• As bucaneiras (garruchas) representam a Polícia Militar, Instituição da qual fazem parte os integrantes da 6a CIPM;
• Os cabeços de amarração simbolizam firmeza, força e tranquilidade nas ações da Companhia Independente em defesa da sociedade e manutenção da ordem pública; e
O forte colonial e os ondados fazem alusão à cidade portuária de Cabedelo, urbe onde está sediada a OPM.