OPERAÇÃO FESTAS JUNINAS: Polícia Militar realiza a maior apreensão de armas de fogo e desarticula “oficina de armas” no Cariri

Compartilhe

A Polícia Militar realizou a maior apreensão de armas de fogo, em uma única ocorrência, até então neste ano de 2019. Foram 29 armas entre espingardas de diversos calibres, pistola, armas curtas, cartuchos e vários materiais para manutenção e conserto que foram apreendidos nesse sábado (08), na zona rural de Serra Branca, região do cariri ocidental paraibano. A ação fez parte da Operação Festas Juninas, deflagrada pela PM nessa última sexta-feira.

Todo o material estava em uma “oficina de armas” que foi desarticulada pela ação dos policiais da Rondas Ostensivas Táticas com Apoio de Motocicletas (Rotam), do 11º Batalhão. “A partir de uma denúncia anônima, chegamos a um sítio na zona rural de Serra Branca, em uma localidade de difícil acesso, e identificamos o estabelecimento que servia para conserto e manutenção de armas”, explicou o sargento Cleudo Caldeira, que comandou a ação.

Um homem de 71 anos de idade, dono da propriedade, foi preso. “Ele não reagiu à prisão, disse que várias daquelas armas haviam sido deixadas ali há muito tempo, e que não lembrava quem eram os donos”, disse o policial. No local, a PM encontrou ainda várias peças de armas desmontadas, como coronhas, canos, além de cartuchos, pólvoras, chumbo e espoleta, materiais que são comumente usados para fabricação de munições.

Todo o material, o suspeito preso, e as armas apreendidas foram encaminhados para a Delegacia de Monteiro e deverão ser investigados.