Polícia Militar comemora Dia Internacional da Mulher

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, homenageou as mulheres policiais militares pelo Dia Internacional da Mulher, que em João Pessoa foi comemorado no Centro de Educação, na manhã desta sexta-feira (08). Na ocasião, policiais femininas de diversas unidades da região metropolitana foram parabenizadas pela importância da data e do trabalho desempenhado na segurança pública.

As homenagens começaram logo no início do dia, com uma recepção toda especial. As mulheres da corporação foram recebidas com café-da-manhã, acolhida com rosas, mensagens entregues pelo alto comando da Polícia Militar, além de palestras. “Muito obrigado pela presença de vocês em nossas vidas. Vocês trazem suas ideias e ideais de sensibilidade, amor e respeito ao outro, além de carinho, afeto e também de força”, parabenizou o coronel Euller.

Para a 1ª sargento Maria de Lourdes, é muito importante o reconhecimento da corporação pela data. “Cada vez mais a mulher vem crescendo em determinados setores da sociedade e na PM não poderia ser diferente”, disse. “A Polícia Militar não poderia deixar de prestigiar este dia e ver o quanto a mulher é importante na instituição, para a instituição e para sociedade”, frisou.

Já a 2ª tenente Lígia Fernandes, que se emocionou durante as homenagens, agradeceu a Deus, e o encontro com colegas de profissão e amigas de farda que levou para a vida. “Agradeço a minha Polícia Militar, que me tornou o que sou, e hoje trabalho porque gosto do que faço verdadeiramente”, disse.

Melhorias – De 2011 para cá, a PM regulamentou a situação da mulher policial gestante, com escalas adequadas, jornadas de trabalho compatíveis com a gravidez, e licença de 180 dias. Policiais que adotaram ou obtiveram a guarda judicial, também foram contempladas com licença-maternidade. 

No campo operacional, as mulheres que atuam no policiamento ostensivo foram contempladas com coletes balísticos femininos que, mais adequado ao corpo, propiciam conforto ao trabalho policial. Os quartéis também foram adaptados ao acolhimento feminino, para receberem policiais nas unidades rotineiramente ou em momentos esporádicos.

A Policlínica da PM também está a disposição do efetivo feminino, com consultas e atendimento em ginecologia e outras especialidades. No campo da saúde biopsicossocial, a PM dispõe de dois espaços de acolhida e atendimento com psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais, entre outros, nas unidades do Viver Bem em João Pessoa e Campina Grande.

Homenagens continuam – Outras homenagens estão previstas para acontecerem em toda a Paraíba, nas diversas unidades da PM, como Comandos Regionais, unidades administrativas, sedes de Batalhões e Companhias. Em João Pessoa, policiais realizaram ainda checkpoints em avenidas da Capital, entregando chocolates e mensagens para motoristas e passageiras.