Solenidades marcam o Dia do Patrono da PM

Compartilhe

Elísio Sobreira foi consagrado Patrono da PM em 1993
A Polícia Militar da Paraíba (PMPB) comemora nesta segunda-feira (20) o dia do Patrono da corporação, Coronel Elísio Sobreira, em solenidades militares nas cidades de João Pessoa e Campina Grande. Na ocasião, serão concedidas 304 medalhas a civis e militares, além da apresentação dos novos equipamentos entregues este mês à PM.

O evento também marcará oficialmente as comemorações dos 180 anos da corporação (completos em três de fevereiro deste ano), com o lançamento da canção da Polícia Militar da Paraíba.

Na capital, a solenidade acontece às 16h, no pátio principal do Espaço Cultural José Lins do Rego, em Tambauzinho, com a presença do governador Ricardo Coutinho, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, e outras autoridades. Na cidade, 181 pessoas serão condecoradas com as medalhas de Serviços Distintos (120) e a do Mérito Elísio Sobreira (61).

A primeira é uma honraria concedida a militares e civis que se diferenciam por atos de coragem e realizações de trabalhos excepcionais em favor da comunidade. Já a Elísio Sobreira é a mais alta comenda da PM, sendo concedida pelo comandante-geral a civis, militares e entidades que tenham contribuído às causas da instituição.

Para o Comandante Geral da Policia Militar, Coronel Euller Chaves, a cerimônia representa um momento marcante para a corporação e também para a sociedade. “Isso porque resgatamos alguns valores históricos da PM com a nova canção e trazemos ainda reconhecimento para aqueles que têm trabalhado para o bem estar social. Nesse sentido, teremos a promoção de 72 oficias e a continuidade dos cursos de formação de oficiais e de soldados”, destacou o coronel.

A medalha Elísio Sobreira também reconhece a dedicação e os feitos heroicos do Coronel Elísio Augusto de Araújo Sobreira – que teve 35 anos de serviço dedicado à Polícia Militar. A consagração do dia 20 de agosto ao Patrono da corporação foi feita através do decreto nº 15.489, de agosto de 1993. No mesmo ano, para marcar a passagem da data, outro decreto (15.503) criou a medalha Elísio Sobreira.

Melhorias

Durante a solenidade realizada na capital, alguns militares desfilarão com os equipamentos recém-adquiridos e entregues à corporação neste mês. Entre eles estão 500 capacetes, 37 bicicletas, 24 caminhonetes S10, 20 motos e 24 viaturas.

A compra dos novos equipamentos foi feita dentro do pacote de investimentos orçado em R$ 30 milhões e desenvolvido desde 2011 pela PMPB. Desde então, já foram entregues mais de 10 mil itens (coletes balísticos, uniformes, coturnos, pistolas, munições), além da reforma de diversos ambiente pertencentes à corporação.

No interior

Em Campina Grande, 123 militares serão condecorados com as medalhas de Serviço Policial Militar e a Láurea do Mérito Disciplinar. A solenidade acontece nesta segunda-feira (20), às 15h, no auditório da Justiça Federal.

Em Patos, as honrarias acontecem na próxima sexta-feira (24), às 16h, na sede do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Na ocasião, 95 militares receberão medalhas pelos serviços prestados.

O Patrono

Elísio Augusto de Araújo Sobreira (filho de Justino Augusto de Araújo e Maria Augusta de Araújo sobreira) nasceu em 20 de agosto de 1878, na cidade e Esperança, no Agreste paraibano. Com 29 anos (em 1907) ele foi incluído na Polícia Militar da Paraíba (na época denominada Batalhão de Segurança), no posto de Alferes – equivalente ao de segundo-tenente hoje.

Dezessete anos depois, em 1924, o então capitão Sobreira foi promovido a major e comissionado no posto de tenente-coronel. Em 1938, Elísio foi reformado nesse posto, voltando a ativa dois anos depois e promovido a Coronel – o primeiro a ocupar esse posto no Estado. Elísio faleceu aos 64 anos de idade, em 13 de maio de 1942, em João Pessoa, cercado de amigos e familiares.