Brasões – GMR

GUARDA MILITAR DA RESERVA (GMR)

Autoria do Brasão:

Maj QOC GLAUCO CÉSAR DA SILVA PAIVA

Descrição Heráldica:

Maj QOC GLAUCO CÉSAR DA SILVA PAIVA

Apoio Técnico:

Cb QPC PÉTALA PEREIRA DE SANTOS MEDEIROS

Brasão:

• Escudo peninsular português, chefe com dois campos, em faixa, o superior de goles e o inferior de sable, contendo a inscrição “GMR”, em ouro, cortado, o primeiro de prata, com um par de bucaneiras (garruchas) em aspa, de ouro, cosidas de sable, partido, de prata, com uma fênix de ouro lampassada de goles, sainte de uma pira da sua cor, o segundo de prata, com o símbolo do infinito, circundado pela frase em latim “PRIMUS INTER PARES”, tudo em ouro.

Simbologia e alusão das peças:

• As bucaneiras (garruchas) representam a Polícia Militar, Instituição da qual fazem parte os integrantes da GMR;
• A fênix simboliza o ressurgimento, o renascimento e o recomeço na carreira dos integrantes desta Guarda;
• O infinito faz menção à dedicação, incessante e esforçada, dos componentes da GMR à Instituição, demonstrando o seu amor à vida castrense; e
• A expressão “PRIMUS INTER PARES” (que pode ser traduzida como ‘‘‘primeiro entre os iguais”) indica a larga experiência dos membros da GMR, adquirida através de anos de efetivo serviço prestado à Corporação.