Brasões – BOPE

BATALHÃO DE OPERAÇÕES POLICIAIS ESPECIAIS (BOPE)

Autoria do Brasão:

Maj QOC GLAUCO CÉSAR DA SILVA PAIVA

Descrição Heráldica:

Maj QOC GLAUCO CÉSAR DA SILVA PAIVA

Apoio Técnico:

Cb QPC PÉTALA PEREIRA DE SANTOS MEDEIROS

Brasão:

• Escudo peninsular português, chefe com dois campos, em faixa, o superior de goles e o inferior de sable, contendo a inscrição “BOPE”, em ouro, cortado, o primeiro de prata, com um par de bucaneiras (garruchas) em aspa, de ouro, cosidas de sable, partido, de prata, com uma retícula de um aparelho de pontaria, de ouro, cozido de sable, o segundo do mesmo, com um par de lanças de ouro cruzadas em aspa, sobrepostas por um escudo espartano, do primeiro metal, bordado de ouro, carregado com um capacete espartano, do segundo metal, com crina de goles.

Simbologia e alusão das peças:

• As bucaneiras (garruchas) representam a Polícia Militar, Instituição da qual fazem parte os integrantes do BOPE;
• Aretícula simboliza precisão, adestramento e disciplina, virtudes essas presentes nos integrantes do Batalhão e evidenciadas em suas ações na defesa da sociedade e manutenção da ordem pública; e
• O campo de sable e as peças espartanas são a representação clara da vocação militar e da capacidade do pronto emprego em operações complexas e que exijam alto grau de treinamento e profissionalismo.