Polícia Militar forma mais de 23 mil crianças e adolescentes em ações preventivas e de resistência às drogas e à violência

A prevenção é uma das formas mais eficazes de combater a violência e ao uso de drogas ilícitas. Nos últimos dias, a Polícia Militar concluiu diversas atividades voltadas a temática, resultando na capacitação de crianças, adolescentes e jovens, em várias cidades da Paraíba. Ao todo, 23.698 estudantes concluíram o Proerd e o Programa Recomeçar, nos últimos oito dias, recebendo certificados.

Nessa última terça-feira (04), ocorreu o encerramento de um ciclo de atividades em João Pessoa (foto acima). Durante todo o ano, foram 22.440 estudantes do 1º ao 7º ano da rede pública municipal, em mais de 90 escolas, que passaram por 10 horas-aula de instruções ministradas por policiais militares do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd). Os conhecimentos sobre atitudes responsáveis, segurança, drogas e as formas de evitá-las são transmitidos a meninos e meninas através de um modelo de tomada de decisão, em aula semanal.

Semana passada em Campina Grande, outra grande formatura do Proerd aconteceu na quinta-feira (29), e certificou 1178 estudantes. Também naquele dia, 30 alunos do 5° ano da Escola Municipal Antônio Gomes no município de Catolé do Rocha (foto abaixo), no sertão, foram certificados. Durante a formatura, oito pais e mães concluíram a participação no Proerd Pais, atividade que orienta os familiares para prevenção ao uso de drogas e combate à violência.

Recomeçar – Na terça-feira (27) da última semana, foram 50 certificados entregues aos discentes que concluíram o Programa Recomeçar. A iniciativa, que busca ensinar os adolescentes a importância da cultura de paz e a evitarem drogas e violência, ocorre desde 2014 e já certificou 650 adolescentes. A formatura aconteceu na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Raul Córdula, no bairro da Torre, em João Pessoa.

O Programa está estruturado em quatro áreas temáticas: relação interpessoal, resolução de conflitos, droga e violência, e projeto de vida. O objetivo é conscientizar os adolescentes de que eles são os atores essenciais na construção de cultura de paz, tornando-os multiplicadores dessa filosofia. Para o aluno da 3ª série do ensino médio Luan Emmanuel, a Polícia Militar está de parabéns pela iniciativa de levar a temática até às escolas. “As aulas nos ajudaram a perceber o quanto nós somos importantes e acreditar que somos capazes de fazer a diferença para a construção de um mundo melhor”, disse.

Durante sua trajetória, o Programa Recomeçar atuou na região metropolitana, atendeu estudantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Serviço Social da Indústria (SESI), Escola Técnica, e adolescentes de instituições socioeducativas.

O Proerd e o Recomeçar são duas atividades desenvolvidas pela Polícia Militar através da Coordenadoria de Combate e Resistência às Drogas e à Violência (EM/4). “O alcance desses programas mostra a importância das atividades preventivas, feito junto às famílias e às escolas, principalmente. O Proerd e o Recomeçar tem dado sua contribuição para redução da criminalidade, fortalecendo a infância e adolescência e contribuindo para uma vida responsável longe das drogas e da violência”, disse o major Elmer Melz, coordenador do EM/4.