Operação Tiradentes II cumpre mandados de prisão contra três maiores e apreende menor na Capital

Três pessoas foram presas para cumprimento de mandados de prisão e um menor foi apreendido durante as primeiras horas da Operação Tiradentes II, realizada pela Polícia Militar, nesta sexta-feira (11). A Operação, que acontece simultaneamente em todo país com as Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares, acontece até às 16h desse sábado, intensificando as ações de segurança pública em todos os estados.

Três mandados de prisão e um de apreensão foram cumpridos na região metropolitana de João Pessoa. Na prisão mais recente, por volta das 19h30 no Varadouro, um homem que estava com mandado em aberto pelo crime de roubo foi abordado pelos policiais e, segundo eles, o suspeito já respondia pelos crimes de formação de quadrilha e porte ilegal. O suspeito foi conduzido para Central de Flagrantes.

Em Bayeux, um homem que estava com mandado em aberto pelo crime de roubo majorado, foi localizado pelos policiais que receberam informações da Coordenadoria de Inteligência (COInt) da PM. O foragido foi preso no bairro Jardim Aeroporto, por volta das 17h. Um mandado de apreensão foi cumprido contra um menor que estava na comunidade Gauchinha, zona sul da Capital. O adolescente foi encaminhado para a Delegacia do Menor.

Ainda na zona sul, no bairro do Ernani Sátiro, um homem de 26 anos estava com mandado em aberto pelo crime de roubo. Ele foi localizado em sua casa e conduzido para Central de Flagrantes.

Tiradentes – As Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares de todo o país deflagram, na tarde desta sexta-feira (11), a Operação Tiradentes II, com várias ações que serão realizadas até a tarde de sábado (12). Na Paraíba, a operação contou na noite de sexta-feira (11) com efetivo dos quadrantes de policiamento preventivo, tropa especializada, drones, reforçando as ações de segurança pública no estado. O objetivo da Operação, que é desencadeada a nível nacional, é apreender armas, drogas, veículos com queixas de roubos ou furtos, efetuar prisões, cumprir mandados, e reforçar o policiamento preventivo.

A Operação Tiradentes II é coordenada nacionalmente pelo Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (CNCG-PM/CBM). Na Paraíba, a Operação foi coordenada pelo próprio comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves, que é o atual 2º vice-presidente do CNCG. Todas as ações no estado estarão sendo monitoradas em tempo real pelo alto Comando da PM, através do Centro de Comando e Controle (C3), instalado especificamente para a Operação. As sedes regionais da PM, em Campina Grande e em Patos também contarão com C3. O nome da operação é uma homenagem ao patrono das polícias militares do Brasil: Tiradentes.