Polícia Militar expulsa mais um solado da Corporação

Compartilhe

A edição do Diário Oficial desta terça-feira, 12, publicou ato assinado pelo coronel Wilde Monteiro excluindo mais um militar da Corporação. Desta vez o soldado Romel Freire Martins, pertencente ao 1º Batalhão, sediado em João Pessoa, foi expulso por ter sido condenado pela Justiça pelo crime de estupro e deserção.

De acordo com a portaria do comando geral a instauração do Procedimento Administrativo teve origem no 5º BPM após levantando constatando que já havia cumprido três repreensões, três detenções e uma prisão, além de ter sido preso e autuado em flagrante, incurso nos Art. 214 e 224, do Código Penal Brasileiro, tendo sido condenado a uma pena de seis anos de reclusão na 3ª Vara Distrital de Mangabeira, Comarca da Capital, sendo excluído da Corporação.

Também praticou no dia 17 de janeiro de 2007 o crime de deserção. Consta ainda que os membros do Conselho de Disciplina da PM, por unanimidade, deliberaram pela exclusão a bem da Disciplina do militar “por ter ferido os princípios que norteiam a instituição, infringindo a ética policial, o decoro da classe, o pundonor Policial Militar, bem como comprometendo a Corporação diante da sociedade”.

O coronel Fernando Monteiro de Oliveira, sub-comandante da PM, ainda esta semana, Romeo Freire Martins deverá ser encaminhado ao presídio do Roger onde deverá cumprir a pena imposta pela Justiça.